VIDA DE GARIMPEIRO

VIDA DE GARIMPEIRO

O trabalho é difícil e a recompensa é incerta, a fé e a esperança são as únicas certezas que move esses homens a arriscarem a própria vida em busca de um tesouro nas profundezas da terra ou dos rios. Vida de garimpeiro não dá para explicar em palavras. Precisa sentir , precisa viver , precisa se tornar um garimpeiro ou nunca vai entender o que esses homens sentem ao se deparar com o brilho do ouro, a luz de um diamante.

Equivocadamente a sociedade olha para essa classe como se  eles fossem os vilões da natureza, que ferem os rios e provocam chagas na terra, mas isso é apenas campanhas maldosas de  interesses empresariais muitas vezes internacionais, quando na verdade são esses homens  responsáveis de revelar ao mundo as belezas que Deus criou no interior do nosso mundo.

Pedras e metais preciosos com beleza rara, que depois do sacrifício desses corajosos homens serão adornos e enfeites  de coroas de Reis e Rainhas, serão alianças que em ouro simbolizam amor eterno, ou anéis com diamante que brilham iluminando paixões e romances dos eternos enamorados.

Muitas vezes essas mesmas pessoas que julgam esses homens “garimpeiros” como bandidos, e malfeitores da natureza, esquecem que sem a mineração nada a sua volta existiria,  sem o ferro, aço, cobre, entre outros minerais, estaríamos na pré história ainda, sem nenhuma tecnologia , sem nenhuma ferramenta, sem carros, aviões navios, equipamentos de saúde, não teríamos nada; seriamos  verdadeiros homens da caverna, por isso devemos respeito a essa profissão, e os olhos do mundo deveriam incentivar de maneira sustentável o desenvolvimento e aperfeiçoamento da classe garimpeira.

Nosso clube Rotas do Garimpo, tem uma visão muito clara dos objetivos que almejamos para o futuro, fortalecer a união dos garimpeiros, e desenvolver treinamento e capacitação para que nosso setor um dia tenha  reconhecimento merecido e o valor que merece.

Ivan Pinheiro

Nenhum comentário

Envie um comentário